sexta-feira, 20 de junho de 2008

MONUMENTOS

O asfalto negro
invade o verde,
o deserto marrom.

A existência, impossível,
nos jardins de seixos
orientais.

Flores de pedra
nas mãos de artífices
são provimentos
imateriais.
Pobre beija-flor,
onde encontrará
alimentação?

Apreciaremos
pássaros de granito
ornamentais!

Um comentário:

Luiza Miranda disse...

Querido Lá,
Que dura realidade!
Lindo, mas chocante!
Um grande abraço,
Mana Lulu
www.etiquetagem.blogspot.com