sexta-feira, 10 de outubro de 2008

PERDA DE TEMPO (parte 2ª/2)

(continuação)
Assistir novela é um desperdício de tempo. Imagine a quantidade de bijuteria, para citar um exemplo banal, que apenas uma pessoa produziria em cada capítulo. Se o espectador-artesão trabalhasse bem e vendesse a mercadoria produzida do início ao fim da novela, daria para pagar os aluguéis do apê durante dois meses pelo menos. Se não vendesse, poderia enfeitar toda a família e as amigas e os amigos chegados a um berloque. Assistir novela é como querer viver através da simulação dos atores. Uma vida sem lembranças (mas a Déborah Secco...), um tempo apagado na lousa das emoções, uma interdição voluntária ao direito de adquirir novas experiências. Ver um filme é diferente. Acaba em duas horas e, às vezes, temos que sair de casa para ver. Sair de casa pode ser uma experiência indescritível, lembra coisa de rico. Ademais, quem é rico não admite nunca que assiste novela ou que come croquete...
Tempo gasto com mexericos e conversa jogada fora. Tempo gasto para cortar cabelo e as unhas toda semana. Digo as unhas das mãos, porque com as dos pés... gasta-se muito mais tempo. Que dificuldade, à medida que se envelhece os pés começam a afastar-se do contato com as mãos!
Estava esquecendo o tempo perdido para votar. Quantas vezes já votamos, meu Deus, e parece que nada adiantou! Ainda bem que não tem eleição todo dia.
Dizem os pescadores que Deus não desconta da nossa vida o tempo que passamos pescando. Mas, certamente, descontará o que passamos xereteando a vida do vizinho que só melhora de situação e que acabou de comprar uma Brasília amarela de segunda-mão. Queiram os céus que Ele não considere inútil e, portanto, não apague o tempo que passei escrevendo esta crônica. Ou o que você passou lendo estas despretensiosas linhas.
F I M

3 comentários:

Marcelo Messora Miranda disse...

Realmente Pai, prefiro muito mais ver as nossas séries! Pelo menos são bem mais inteligentes... hehehe

Luciano disse...

Adorei esse. Muito bom. Também sou mais as séries. Não acho perda de tempo.

Marlise disse...

Ultimamente não sigo mais novelas, fico no computador. Que é também perder tempo...Mas, é muito difícil parar de perder tempo. Se, não encontrarmos um sentido pra isso tudo, chegaremos à conclusão de que viver, é perder tempo. O melhor, então, é perder tempo da melhor maneira possível...